Sistema de Segurança já atua nos locais mais procurados por veranistas

Belém, 01 de julho de 2018

Com o início das férias escolares do mês de junho é hora de pegar a estrada para aproveitar as inúmeras opções de praias e balneários que o Pará oferece. Para evitar transtornos é preciso prudência e cautela no trânsito. Entre os destinos mais procurados e próximos à capital paraense está o distrito de Mosqueiro, distante 70 quilômetros do centro de Belém, com seus 17 quilômetros de belas praias de água doce.

A “Bucólica”, como a Vila de Mosqueiro é carinhosamente conhecida, é uma das 86 localidades do Estado que receberão atenção especial durante a Operação Verão 2018, que contará com a participação de mais de 8 mil agentes de segurança pública. As ações foram iniciadas na sexta-feira (29) e prosseguem até 31 de julho.

Um dos destaques deste ano é o funcionamento de centros de Comando Integrado, que conta com serviços de órgãos estaduais e municipais, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). O espaço é identificado com placas em quatro idiomas – português, inglês, francês e espanhol –, para auxiliar as pessoas que precisam de ajuda em caso de acidentes ou furtos. Em Mosqueiro, um deles está instalado na praia do Chapéu Virado, uma das mais procuradas pelos veranistas.

O centro conta com videomonitoramento em tempo real com cinco câmeras, instaladas na praça central, praias do Chapéu Virado, Murubira e Ariramba, e na Rua Variante. A polícia já está trabalhando na instalação de mais dez câmeras em outras áreas estratégicas do distrito. Pelo sistema também é possível acompanhar a localização das viaturas, garantindo mais facilidade e agilidade no acionamento das equipes e atendimento de ocorrências. Em Salinópolis, no nordeste do Estado, as praias do Atalaia e Maçarico também receberam centros de Comando Integrado.

Fiscalização

Mais de 8 mil agentes de segurança pública estão envolvidos nas ações planejadas para 86 localidades em todas as regiões do Estado. Ao longo das rodovias BR-316 e PA-391 - rota de acesso à Vila de Mosqueiro -, funcionam barreiras da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV), que juntamente com demais órgãos de segurança e trânsito integram a operação.

No posto de Policiamento Rodoviário do Estado na PA-391 o fluxo de veículos foi considerado intenso neste domingo (1º). "No início da operação, na sexta-feira (30), o fluxo de carros para Mosqueiro foi tranquilo, e aumentando no decorrer do final de semana. Mas não houve, até o momento, nenhum registro de acidente em nossa área de jurisdição", afirmou o sargento Adriano Araújo. “A expectativa é que o número de visitantes aumente a partir do próximo final de semana. Estamos com nossa guarnição a postos para garantir segurança aos veranistas”, complementou.

O Batalhão de Policiamento Rodoviário conta com o reforço de 96 policiais militares por quinzena, além de 11 viaturas e 14 motocicletas. Seis policiais atuam na barreira de Mosqueiro, com mais sete agentes espalhados ao longo da rodovia. Entre as principais irregularidades registradas pelos policiais estão licenciamento vencido, não utilização do cinto de segurança pelos passageiros do banco traseiro e farol apagado.

Além de Mosqueiro, o efetivo do Batalhão atuará em rodovias que dão acesso a outros pontos de grande movimentação nas férias, como Salinópolis, Bragança, Nova Timboteua e a Paraia de Marudá (município de Marapanim). Os agentes estarão em pontos estratégicos com medidores de velocidade, para flagrar motoristas que desrespeitam o limite de velocidade. 

Educação

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) também está presente na Operação Verão desenvolvendo ações de fiscalização  e educativas voltadas à prevenção de acidentes. O controle ocorre em postos montados no pórtico de entrada de Mosqueiro e em outros pontos do distrito. Para isso, conta com um efetivo de 27 agentes, sendo dois com atuação no Serviço de Levantamento de Acidentes de Trânsito (Selatran).

"Temos equipe atuando em rondas do Carananduba até a Vila, com possibilidade de instalação de barreiras de fiscalização nesse trajeto. Para isso, contamos com três viaturas, quatro motos e um guincho. Além da fiscalização também orientamos os condutores para que respeitem a velocidade nas vias, não ultrapassem nas faixas contínuas e sigam sempre dentro das normas de trânsito", destacou o agente Raimundo Cunha, responsável pela equipe.

O Corpo de Bombeiros participa da Operação Verão com 946 militares, dos quais 84 atuando em Mosqueiro. Na Praia do Farol, uma das mais procuradas, duas tendas foram montadas para orientar quanto à prevenção de acidentes, oferecer informações sobre tábua de marés e atender possíveis ocorrências. No local também é distribuída pulseira de identificações para criança.

"O primeiro final de semana é sempre mais tranquilo. Até agora não registramos ocorrências graves. Mas caso ocorram, nós contamos com uma estrutura com três postos, sendo dois montados na praia do Farol e um no Chapéu Virado, além de ambulância de resgate, moto aquática e lancha. Também temos uma equipe de guarda-vidas e socorristas distribuídos por todas as praias. As ações são monitoradas pelo Centro de Comando", afirmou o sargento Jorge Araújo, do Corpo de Bombeiros.

“Praia Segura”

A operação deste ano conta ainda com a tecnologia para dar mais segurança aos veranistas por meio do aplicativo “Praia Segura”. Nele é possível visualizar a tábua de marés, previsão do tempo, ter acesso ao serviço 193, dicas de segurança, além de fazer buscas por crianças desaparecidas. O software está disponível para download em dispositivos Android e iOs. "Essa é mais uma ferramenta importante que a população dispõe para ter um verão tranquilo e seguro", ressaltou o sargento Araújo.

Para a Operação Verão 2018, a Polícia Militar do Pará conta com um reforço de 5.821 policiais, sendo que 2.321 são deslocados de Belém para o interior e 3.500 já atuam nas várias regiões. Eles trabalharão por meio de jornadas extraordinárias – atividades desenvolvidas nos dias de folga. O patrulhamento recebeu reforço de carros, pick-ups, motocicletas e quadriciclos, além de embarcações e cavalos, empregados de acordo com a localidade.

Em Mosqueiro, o efetivo local de 100 militares recebe reforço de mais 73 agentes durante os finais de semana. A corporação também recebeu mais quatro carros e quatro motos, que se somam aos 15 veículos já existentes, sendo 11 carros e quatro motos.

"A previsão é que esse quantitativo de policiais aumente a partir da segunda quinzena de julho, em função da maior procura das praias pelos veranistas. Além das viaturas já existentes, esse período deve receber o reforço da calavaria", destacou o tenente coronel Henrique Pereira, o comandante do 25º Batalhão de Policiamento.

Já a Polícia Civil atua com 174 homens e 27 viaturas, entre veículos caracterizados e descaracterizados, para cobrir a criminalidade em Mosqueiro e no distrito de Outeiro, na Região Metropolitana de Belém, e em mais 26 localidades do interior.

A Operação Verão 2018 é realizada de forma integrada, e dispõe de um efetivo especial da Defesa Civil, dos grupamentos Aéreo e Fluvial (Graesp e Geflu), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atua no apoio intensivo na fiscalização das estradas. A Guarda Municipal, Secon (Secretaria de Economia do Município de Belém) e Semob (Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém) também atuam em parceria com o Sistema de Segurança Pública.

Por Lidiane Sousa | Agência Pará


Voltar

Imprimir