Tecnologia disponibilizada pelo Detran garante mais segurança ao cidadão

Belém, 08 de junho de 2018.

 

Na manhã desta quarta-feira (6), iniciou em todo o Estado a coleta de dados biométricos com prontuário. A implantação do sistema, uma tecnologia disponibilizada pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran) à Secretaria de Segurança Pública (Segup), por meio da Polícia Civil, traz maior segurança ao procedimento de retirada do Registro Geral (RG).

A implantação do sistema, na Estação Cidadania do shopping Pátio Belém, contou com a presença do secretário de Segurança Púbica e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha; da diretora geral do Detran, Andréa Hass, e do delegado geral da Polícia Civil, Claudio Galeno.

A implantação do formulário digital é de responsabilidade da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa do Pará (Fadesp), que fará a biometria, foto e assinatura digital, que ficarão em pastas virtuais. O contrato com a fundação é de responsabilidade do Detran, que o fez em razão do projeto CNH Segura, uma realidade que garante maior segurança e celeridade nos processos de obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pelo órgão. “Ficamos feliz em disponibilizar para todo o Estado o investimento em tecnologia que temos desenvolvido, facilitando a vida do cidadão e deixando o processo ainda mais seguro” pontuou a diretora geral do Detran.

A partir de agora, todos os postos da Polícia Civil que tiverem o kit biométrico terão disponibilizado o prontuário digital e os formulários de papel não serão mais utilizados, dando início ao processo do “RG Digital”. A concentração de informações servirá a todos os órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública, contribuindo para os serviços de inteligência, investigação e no combate à criminalidade.

“Além da comodidade ao cidadão, o sistema também auxilia na questão criminal, facilitando a investigação” explicou o secretário de segurança. Em breve o sistema chega ao interior e auxiliará na redução da criminalidade em todo o Estado.

O novo procedimento oferece o compartilhamento de tecnologia entre o Detran e a Polícia Civil, por meio de um termo de cooperação técnica assinado no mês de maio. A tecnologia irá modernizar os registros de identidade já existentes por meio da integração do sistema biométrico do Detran, previsto no Contrato Administrativo n.º 036/2018 com a Fadesp.

Por Asdecom


Voltar

Imprimir