Setran garante segurança viária durante substituição de passarela na BR-316

Belém 05 de Fevereiro de 2018

A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) concedeu, na manhã desta segunda-feira (5), coletiva de imprensa para esclarecer pontos importantes sobre a operação que começará logo mais à noite para a substituição da passarela localizada no quilômetro 3 da BR-316, em frente à Universidade da Amazônia (Unama).

Estiveram presentes técnicos da empresa Oyamota do Brasil, responsável pela construção da passarela, do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), além de agentes das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual. A operação se dará em duas etapas: a partir desta segunda-feira ocorrerá a substitução da passarela antiga e, até amanhã, metade da passarela nova no sentido Ananindeua-Belém será instalada. Na terça (6) à noite, a outra metade será colocada no lugar da antiga. O trabalho inclui, ainda, a recuperação dos consoles e dos três pilares de sustentação do equipamento.

Para garantir a segurança de condutores, pedestres e da própria equipe que atuará na substituição da estrutura, às 22h os pedestres não poderão mais transitar na passarela. Já às 23h o trânsito será interditado até às 6h, nos dois dias de operação, e liberado no período restante. Na quarta-feira, 7, o novo equipamento já estará instalado. O custo operacional dessa obra foi orçado em R$ 545 mil.

A operação

A partir das onze da noite desta segunda-feira até as seis da manhã de terça, o trânsito da rodovia será interditado em dois pontos: na curva da pétala à direita do viaduto do Coqueiro, sentido Mário Covas-BR-316, e na BR-316, à altura do Posto Bitar, onde o trânsito será canalizado no sentido contrário da rodovia, que passará a ter mão dupla ao longo de, aproximadamente, dois quilômetros, até o retorno localizado em frente ao Hospital Metropolitano.

O acesso da rodovia Mário Covas à capital se dará no sentido BR-316- Marituba, seguindo em linha reta até o retorno no Posto Bitar. O trânsito da via e a própria passarela estarão liberados a partir das seis da manhã do dia 6 de fevereiro.

Na noite da terça-feira (6) será feita a substituição da segunda parte da passarela antiga, no sentido Belém-Ananindeua, também com interdição do equipamento e das faixas da BR-316. A faixa dupla no sentido oposto da rodovia será canalizada a partir do retorno do Hospital Metropolitano até o retorno do Posto Bitar, totalizando, novamente, dois quilômetros de interdição.

Os moradores dos Conjuntos Cidade Nova, Pedreirinha e Jardim Tropical, deverão atender às orientações dos agentes de trânsito posicionados ao longo da via para que façam as conversões necessárias. (confira o vídeo explicativo sobre as mudanças no trânsito)

“Tudo foi pensado para conduzir a operação da melhor forma possível, e causar o menor transtorno à população. Enviamos um ofício à universidade próxima para que, inclusive, as aulas terminassem mais cedo durante essas duas noites de operação, e também informamos e orientamos os moradores de conjuntos próximos e estabelecimentos comerciais”, disse o diretor técnico da Setran, Paulo Mariano.

Mobilização

A operação vai demandar uma força-tarefa entre Setran, Detran e Polícias Rodoviárias Estadual e Federal.

“A complexidade da operação requer uma atenção redobrada dos nossos agentes de trânsito e também dos motoristas. Pedimos principalmente para que reduzam a velocidade nos trechos interditados e vias próximas, em razão do trânsito em sentido duplo. Será necessário que os condutores mantenham a atenção para seguir os agentes de trânsito que estarão ao longo da via, e também tenham paciência nesses dois dias”, disse Walmero Costa, diretor técnico-operacional do Detran.

O trecho da BR-316 no qual a passarela está localizada é de competência da Polícia Rodoviária Federal, que estará atuando na organização e sinalização da via. “A partir das 21h30 já iniciaremos a sinalização, para que às 23 horas a rodovia já esteja completamente interditada e a operação seja iniciada”, destacou o agente da PRF, Tarcísio Brito.

Por Syanne Neno / Agência Pará


Voltar

Imprimir