Ações de fiscalização e educação para o trânsito são intensificadas em Mosqueiro

Belém, 02 de janeiro de 2018.

Como parte das ações da Operação Fim de Ano, do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), o distrito de Mosqueiro recebe, ao longo desta semana, ações de fiscalização e educação para o trânsito. Como resultado da presença dos agentes na ilha, nenhum acidente foi registrado desde o início das atividades.

Ao todo, 45 notificações foram realizadas, dentre elas apenas duas por licenciamento em atraso e três por alcoolemia. Entre as principais infrações cometidas pelos condutores estão o excesso de passageiros no veículo, dirigir sem habilitação, conduzir com certificado do cronotacogragafo (instrumento que mede a velocidade e a distância percorrida em função do tempo, em veículos de transporte de passageiros) vencido e a falta do uso de segurança.

“Nossa missão com essas ações é preservar a vida e fazer com que as festas de fim de ano possam ser comemoradas sem qualquer intercurso. Por isso estão sendo realizados testes com etilômetro, verificação do uso dos equipamentos de segurança e outros”, explicou a agente Inivens Andrade.

Para o condutor José Pedro Gama, que veio de Teresina para passar a virada de ano na ilha de Mosqueiro, a fiscalização trás mais segurança para o público que procura o balneário. 

“Acho importante ter fiscalização para a conscientização dos motoristas e evitar comportamentos como beber e dirigir, podendo até ocasionar mortes. Na minha família temos bons hábitos como o uso do cinto inclusive nos bancos de trás, sempre respeitamos o limite de passageiros no carro e o motorista nunca dirige ao beber, mas sabemos que nem sempre é assim, por isso é necessário fiscalizar”, avaliou o condutor.

Educação para o trânsito 

Somente na noite do último sábado mais de 600 pessoas, entre adultos e crianças, foram alcançadas nas ações educativas do Detran, na praça matriz de Mosqueiro, Cipriano Santos. O objetivo das abordagens é conscientizar desde cedo os futuros condutores e alertar os adultos sobre a importância da adoção de comportamentos mais seguros no trânsito.

Dentre as atividades voltadas para as crianças estavam a trilha educativa, na qual para avançar as casas do jogo, os pequenos devem responder perguntas sobre trânsito; pinturas direcionadas, com orientação das agentes de educação para o trânsito e para os adultos foram realizadas mini palestras em parceria com uma equipe da agência distrital de Mosqueiro.

Para a mãe do pequeno Riuque de três anos, Ana Ritía, a ação educativa voltada para crianças ajuda na formação de condutores mais responsáveis. “Meu filho ainda não sabe ler ou escrever, mas já sabe as cores do semáforo e o que significa cada cor, isso porque considero educação para o trânsito muito importante e é uma coisa que já pratico em casa. Com certeza ensinar desde cedo as crianças sobre o trânsito vai resultar em condutores mais responsáveis, mais educados e mais conscientes”, considerou.

https://goo.gl/hgdSyD

Por Aldirene Gama


Voltar

Imprimir