Detran autuou 617 condutores por alcoolemia durante a operação Verão 2017

Belém, PA, 08 de agosto de 2017

O Departamento de Trânsito do Estado (Detran), através da sua diretora Geral, Andrea Hass, participou, na manhã desta terça-feira (8) da coletiva de imprensa dos órgãos do Sistema de Segurança Pública e Defesa Social para apresentação dos resultados da operação Verão Seguro do Governo do Estado. O Detran esteve presente na operação com um efetivo de 150 agentes de fiscalização de trânsito e 44 agentes de educação.

Os agentes estiveram nas vias durante todo o mês de julho para fazer cumprir a legislação de trânsito e assim garantir a segurança do cidadão de forma que ele pudesse aproveitar suas férias e retornasse para casa com segurança.

As ações foram realizadas nos principais balneários do Pará e distritos da capital, como Salinópolis, Mosqueiro, Marabá, Soure/Salvaterra, Conceição do Araguaia, Barcarena, Abaetetuba e Tucuruí.

Dados do órgão dão conta de um aumento de quase 90% nas notificações aplicadas. Um total de 1.080 veículos foram removidos aos Parques de Retenção da instituição, houveram 617 autuações por embriaguez ao volante e 153 prisões pelo crime de dirigir embriagado.

Os municípios e distritos com maiores índices de autuações foram Tucuruí com 20,61%, seguido do distrito de Mosqueiro com 19,20%, Marudá com 14,50%, Salinópolis com 9,63%, Conceição do Araguaia com 9,51, Mojuí dos Campos com 8,28%, Altamira com 5,49%, Capanema com 4,97 e Alenquer com 4,95% dos registros de autuações.

As infrações mais cometidas pelos motoristas no mês das férias escolares foram: conduzir veículos com a documentação em atraso, com 11,17% do total, uma redução de 4,68% em comparativo com o mesmo período de 2016, que registrou um total de 15,85%. A segunda maior infração foi a condução de veículos sob efeito de bebida álcoolica, com 6,97%, apresentando uma redução de 7,97% em relação ao ano passado e a terceira foi conduzir veículos automotores sem possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Permissão Para Dirigir (PPD), com 5,07%, também apresentou uma redução de 7,10% em relação a 2016.

De acordo com os números levantados pela Coordenadoria de Operações do Detran, na área de atuação dos agentes da instituição foram registrados dos 39 acidentes de trânsito envolvedos veículos, representando um aumento de 14,70% em relação ao ano de 2016, que registrou 34 acidentes. Um total de 3 pessoas ficaram feridas e houve uma vítima fatal.

Os casos de alcoolemia receberam uma atenção especial da autarquia, que realizou a operação Lei Seca durante o veraneio. Foram 617 autuações e destas, 153 encaminhados à delegacia pelo crime de dirigir alcoolizado. Salinópolis, no nordeste paraense, um dos roteiros mais procurados durante o verão amazônico, lidera os números de prisões por condução de veículo sob efeito de álcool, totalizando no período, 116 condutores detidos e encaminhados à autoridade policial.

Vale ressaltar que as ações de combate a combinação entre álcool e direção de veículos foram intensificadas no município por receber um maior número de veranistas e turistas e também por conta dos shows de artistas nacionais durante os cinco finais de semana. Apesar dos números, Salinas não registrou nenhum acidente automobilístico com morte no perímetro urbano e nem na PA 444, que dá acesso à praia do Atalaia, devido ao grande aparato de fiscalização.

As demais infrações cometidas pelos motoristas em julho estão ligadas ao licenciamento em atraso, não uso de capacete de segurança e outros equipamentos de segurança, além da condução de veículo por pessoas não habilitadas.

Por ASDECOM


Voltar

Imprimir