Fiscalização do Detran combate irregularidades no trânsito de Mosqueiro

Belém, 31 de julho de 2017

O último final de semana do mês de julho contou com ações de fiscalização do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), em parceria com a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado (Arcon), na ilho do Mosqueiro. Na manhã deste domingo, 30, a operação foi realizada no pórtico de entrada e teve como objetivo dar fluidez ao trânsito, combater o uso de bebida e direção, garantir utilização dos equipamentos de segurança e fiscalizar transportes públicos que trafegam com possíveis irregularidades e, desta forma, colocando em risco a segurança viária.

Ao longo de todo o final de semana, foram realizadas cerca de 380 abordagens nas ações de fiscalização. Dentre as principais irregularidades apresentadas pelos condutores estão a não utilização dos equipamentos de segurança, cinto ou capacete, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida e circular sem o uso do farol em rodovias.

“Além da ação no pórtico, o Detran também deu apoio às Operações Orla e Hypnus, em conjunto com a Polícia Militar, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), Guarda Municipal, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e demais órgãos na Parada Gay deste domingo, realizada na Rua do Aeroporto. E segue com operação para a fluidez do trânsito na PA 391 com a BR 316, das 15h às 21h, horário do fluxo de saída dos balneários”, explicou a coordenadora de Operações do Detran, Kátia Cruz.

Para o administrador Luciano Nicolau da Costa, esse tipo de trabalho é muito importante, pois garante a segurança nos passeios que faz com a família. “Essa fiscalização é de extrema importância para prevenir acidentes. Tenho o costume de viajar com minha filha e esposa e sempre tomo todos os cuidados para que tenhamos uma boa viagem e voltemos seguros. Por isso, certifico que minha filha esteja no acento adequado para a idade, com o carro revisado, todos usando cinto de segurança, mas sabemos que nem todos os condutores agem dessa forma, o que acaba colocando em risco os outros”, avaliou o administrador.

Também em parceria na ação realizada no pórtico, agentes de fiscalização da Arcon fizeram abordagens aos transportes coletivos que levavam banhistas ao distrito de Mosqueiro. “Nessas abordagens verificamos se as vistorias dos transportes coletivos estão em dia, se a lotação está no limite permitido, fazemos o controle de horários dos que partem do terminal rodoviário e carros freteiros. O intuito é combater a incidência de clandestinos visando a segurança dos passageiros”, afirmou o agente de fiscalização da Arcon, José Fontes.

Marapanim - O Detran também esteve presente com ações educativas e de fiscalização no município de Marapanim. O trabalho foi desenvolvido por um efetivo de 14 agentes que se dividiram em três turnos.

As maiores infrações observadas pelos agentes são o não uso de capacete, principalmente por parte da população local, excesso de passageiros nos veículos, sobretuno no deslocamento das vilas para as praias de Marudá e Crispim.

O trabalho educativo durante este mês se concentrou tanto em Marapanim quanto em Curuçá. Por lá, as equipes realizaram abordagens nas vias, na orla do Abade, no mercado e participaram com atividades para crianças, jovens e adultos do Festival do Folclore e Fest Gincana, eventos que movimentaram a cultura local.

Por Aldirene Gama

 Asdecom

Detran PA


Voltar

Imprimir